A Internet das Coisas (IoT) – a revolução silenciosa

Internet of Things IoTA comunicação de dados está cada vez mais por todo o lado, e isso já não nos espanta. Os smartphones, tablets, SmartTV’s, a internet nos carros ,o media digital, o WiFi acessível em qualquer lugar … tudo isso faz já parte do nosso quotidiano. Mas uma revolução surda passa-se nos bastidores: é a “internet das coisas”!

Continue reading “A Internet das Coisas (IoT) – a revolução silenciosa”

Anúncios

Computação em Nuvem

Quando se começou a falar de computação em núvem, a ideia foi estranha para muitos. Não tanto o conceito em si, mas sim as ideias das suas possiveis utilizações. Quem iria usar? Quem se disponibilizaria de boa vontade a armazenar seus dados na net, ou a abandonar as suas indispensáveis aplicações, instaladas nos seus sistemas, para passar a usar aplicações na net.

O facto é que a maioria de nós já usávamos a computação em núvem, quando, por exemplo, usávamos o webmail. Porém o conceito custou um pouco mais a ser entendido e aceite quando se tratou de abdicar da folha de cálculo ou do processador de texto, ou quando se tratou de armazenar dados ou abdicar de aplicações empresariais locais ou nos servidores privados, para recorrer a aplicações na nuvem. Mas esses são tempos passados. A computação em nuvem é hoje uma realidade que rápidamente se disseminou e constitui uma fatia importantissima do actual arsenal dos departamentos de tecnologia de informação. E mesmo os meros utilizadores começam já a render-se ao conceito, principalmente a partir do momento em que empresas como a Amazon, Google, IBM e Microsoft começaram a fornecer serviços em nuvem.

Continue reading “Computação em Nuvem”

O Comercio Electronico em Portugal

Não é segredo nenhum que Portugal é um dos paises do mundo com maior indice de utilização das transacções electronicas, apresentando uma excelente posição no ranking dos paises da UE. 

O número de transações electrónicas em Portugal é já muito grande, e extremamente significativo no ambito do funcionamento da economia, e não são transacções apenas baseadas na internet: todo o sistema de portagens, a rede de ATM’s (em que portugal apresenta uma abundancia muito acima dos restantes paises da UE, com o primeiro lgar absoluto), no número de serviços disponiveis por meios electronicos (mais uma vez as ATM em Portugal apresentam o maior número de serviços, relativamente a toda a UE). 

Continue reading “O Comercio Electronico em Portugal”

Marketing de Microempresas – 10 maneiras de usar a web

Frequentemente nos perguntam como usar eficientemente a web para o marketing de pequenos negócios, sejam Microempresas, PME ou profissionais liberais. A visão é, em geral, a de um web site que faça milagres.

Na prática, a presença na internet através de um web site é fundamental para qualquer Microempresa ou profissional liberal! Mas não é tudo!  E o potencial da web vai muito além da presença simples através de um website, por muito bom que ele seja.

Definir uma estratégia para a abordagem da web, por uma microempresa, para um efectivo retorno nesse (pequeno) investimento de marketing, passa por conhecer e realmente compreender o potencial.

Este artigo tenta ajudas nesse ponto.

Continue reading “Marketing de Microempresas – 10 maneiras de usar a web”

PME nacionais querem apostar em redes sociais para 2010

O mais recente estudo da Marketeer revela que 7 em cada 10 PME portuguesas querem reforçar a aposta em redes sociais para 2010, enquanto três quartos dessas mesmas empresas pretende aumentar o investimento em e-mail marketing.

Os principais factores destacados para justificar o investimento nos canais de e-mail e redes sociais em detrimento dos outros meios mais convencionais passam pela excelente relação custo/benefício, a superior capacidade de medir resultados e o facto de se constituírem numa excelente ferramenta para fidelizar os clientes.

Continue reading “PME nacionais querem apostar em redes sociais para 2010”

Multimedia – ” Os Interactivos”

Os quiosques multimedia foram moda há uns anos atrás.

Espalharam-se como cogumelos mas, como aqueles, rápidamente se tornaram pouco mais que recordações mortas a um canto em cada local onde foram instalados, pela desactualização tecnológica, por terem perdido o efeito de novidade mas, principalmente, porque alguem se esqueceu que os conteudos necessitam de ser actualizados, sob pena de obsolescência.

Continue reading “Multimedia – ” Os Interactivos””

so then, is social media a fad?

A propósito de jornalismo, alguém dizia há dias que a internet social não era mais que um elemento adicional de perturbação, e que a infantilidade do meio não o adequava a mais do que meia duzia de disparates de “putos” e “pitas” e inclusivamente que pode e deve ser ignorado, pois muito mau seria andar permanente a correr frenéticamente, ontem atrás de um facebook, hoje de um myspace, sempre em evolução e sempre desaproveitados,  amanhã de um Twitter que nunca verá as facilidades entendidas, e que mais será depois de amanhã?

Já ouvi o mesmo vindo da boca de marketeers e de publicitários.

Continue reading “so then, is social media a fad?”

Não fique preso nesse site!

Gostou de um site. Apreciou o tema, o tipo de assuntos ou o seu aspecto? E agora? Como encontrar outros sites semelhantes, outras fontes para a sua pesquisa?

O comum dos mortais, como eu, lembra-se imediatamente de meia duzia de motores de pesquisa, ou eventualmente de portais temáticos, se o assunto que procura é da sua especialidade, e… pouco mais. Em alguns sites ainda procuramos uma página de links ou eventualmente referências nos artigos ou documentos que lemos. Geralmente ficamos por aí.

O que poucos sabem é que sites podem ser procurados por semelhança!

Continue reading “Não fique preso nesse site!”

Páginas WEB desaparecidas – Uma dor de cabeça?

Alguma vez fez uma pesquisa na internet, o motor de busca retorna-lhe alguns resultados que parecem extremamente promissores, apenas para, quando clica nos links, descobrir que a página desapareceu? Pois é terrivel quando isso acontece, não é?

Continue reading “Páginas WEB desaparecidas – Uma dor de cabeça?”

Um mundo de clones, um mundo sem criatividade – Parte I

Tentar acompanhar a evolução tecnológica do mercado, hoje em dia, em àreas como o multimedia, o media, a comunicação, é o mesmo que tentar apontar uma arma ao infinito e fazer pontaria para o nada. As evoluções e mudanças, são demasiado rápidas para o comum dos mortais. A solução é a especialização ou a inconsequência. Será?

Continue reading “Um mundo de clones, um mundo sem criatividade – Parte I”

SearchWiki é anunciado oficialmente para a língua portuguesa

Entender tudo o que o Google é, de facto, está cada vez mais dificil!

Desta vez é o SearchWiki que passa a ser usado também para a língua portuguesa! A pergunta que se impõe é… mas o que é o SearchWiki?

O SearchWiki é um serviço do Google que permite ao utilizador registado e depois de fazer login, personalizar os resultados de pesquisa do Google, pode mover os resultados que ache mais importante para o topo, pode excluir, adicionar e também fazer comentários sobre resultados de pesquisa, permite também escrever anotações sobre um site específico, essas aparecem sempre que a mesma pesquisa for feita de novo.

O tema está bem tratado no “Blog de Marketing e Publicidade Online“,  neste Post

Novo site do Museu Nacional Soares dos Reis

A renovação do website do Museu Nacional dos Reis deu àquele museu um novo rosto na internet.

Um site exemplar, no nem sempre muito bom panorama nacional relativamente à presença internet dos museus. O novo design, que consideramos muito bom e e eficaz, no contexto de um museu, foi efectuado pela Mister Hyde Design e a programação foi realizada pela Create IT

O site pretende ser um recurso de excelência na divulgação do Museu, das suas colecções e actividades, bem como funcionar como um local de referência na realização de pesquisas e partilha de informações, acessível a todos os visitantes interessados.

Endereço: http://mnsr.imc-ip.pt

Uso diário da internet em Portugal atinge os 70%

 

A Havas Digital acaba de publicar o seu estudo “Consumo Cruzado de Meios”, estudo fundamental sobre a utilização de meios em Portugal.

O estudo mostra que a utilização da internet continua a aumentar entre a população portuguesa, muito além do que é suposto: 70% da população portuguesa utiliza diariamente a Internet em 2008, em oposição aos 52 por cento registados em 2006. O estudo acrescenta ainda que os internautas Portugueses dedicam mais horas no fim-de-semana à Internet, a influência da Internet na tomada de decisão cresce em todas as categorias, destacando-se os produtos de turismo, tecnologia e financeiros.

Continue reading “Uso diário da internet em Portugal atinge os 70%”

Anunciantes WEB

 

Para quem ainda tem duvidas sobre a publicidade na internet e em meios digitais, fique sabendo que a internet é cada vez mais explorada por empresas que investem em marca. Verifique o ranking  de investimentos na web em 2008, no Brasil :

1 – Bradesco – R$ 221.628.000 – 13,9%
2 – Itaú – R$ 100.862.000 – 6,3%
3 – Ford – R$ 72.368.000 – 4,5%
4 – Samsung – R$ 59.915.000 – 3,8%
5 – Fiat – R$ 58.869.000 – 3,7%
6 – Unilever – R$ 54.263.000 – 3,4%
7 – Coca-Cola – R$ 51.043.000 – 3,2%
8 – Sky – R$ 43.667.000 – 2,7%
9 – Volkswagen – R$ 38.306.000 – 2,4%
10 – Brasil Telecom – R$ 37.451.000 – 2,3%
Outros do Ranking – R$ 856.077 – 53,7%
Total – R$ 1.594.449.000
(Fonte Ibope Nielsen Online)

Sem duvida impressionante!

em
http://lacasacom.wordpress.com/2009/03/13/anunciantes-web/

 

 

What Matters

A consultora McKinsey lançou um site chamado “What Matters” onde reúne artigos sobre grandes temas de sempre, mas especialmente relevantes na actualidade. Cidadania é também estar atento, conhecer a sociedade que nos rodeia, e o que pensam aqueles que como nós se preocupam com os grandes desafios que se colocam e que são gerados pela própria humanidade. A McKinsey demonstra com este site uma atenção mais lata que apenas aquela que coloca no seu próprio negócio, e ao fim e ao cabo esta é a justificação e a razão de ser do site. 

Este site é uma colectânea extensa de ensaios e entrevistas com lideres de opinião. Os conteúdos estão categorizados em 10 temas: Biotecnologias, Mudanças Climáticas, Crise do Credito, Energia, Geopoliticas, Globalização, Cuidados de Saude, Inovação, Internet, Organização.

Entre os autores estão muitos dos actuais pensadores mais relevantes, e entre eles alguns dos meus preferidos, como por exemplo Juan Henriquez, Jeffrey Pfeffer, Gary Hamel, Jacqueline Novogratz and John Thackara.

Vale a pena passar pelo site, e considerá-lo como um recursos de longo prazo, para revisitar regularmente, e principalmente como um reservatório de inteligência em que se pode beber quando necessário.