Joao Ledo Fonseca

joaoledofonseca2

Natural (n. 1962) de Espinho, Portugal, frequentou (1980-1986) a Licenciatura em Electrónica e Telecomunicações, na Universidade de Aveiro, onde desenvolveu projectos na área do processamento digital de voz (projecto de hardware e software assembly, com sistemas de desenvolvimento de PDS baseados em Intel TMS32010) e no processamento gráfico (software em C para interpolação e renderização de superfícies 3D, usando funções de Bézie e B-Splines), entre outros.

Trabalhou inicialmente (1987-1989) como Director dos Serviços de Assistência Técnica (Norte) e de suporte informáticos (SGO Informática Lda) a mini e microcomputadores (ZDS – Zenith Data Systems) e redes (Novell). No âmbito do grupo SGO, para o LED – Laboratório de Electrónica Digital, efectuou projecto de sistemas de digital signage e distribuição de vídeo (para a Bolsa de Valores do Porto), e para manutenção de displays digitais exteriores de grande dimensão (Jornal de Notícias e DMI – Diagnóstico Médico Integrado).

Como empresário, lançou e participou em projecto na área da micro informática (Inforesp – Soc. Informática de Espinho Lda) (1989-1994), onde exerceu funções de director técnico, apoio e suporte informático (hardware, software e redes), e ainda como analista/programador (Clipper, C e C++, FoxPro) em aplicações de gestão (Gestão de Videoclubes, Vendas e facturação, Contabilidade não organizada, etc.).

Desenvolveu depois a sua actividade como gestor de projectos, consultor aplicacional e de implementação e ainda como analista, em software houses nacionais e internacionais, principalmente nas áreas de ERP’s para a industria (Softel GAF/GCI, Symix, Frontstep’s Syteline), planeamento e agendamento de produção (Preactor Intl), CRM (Frontstep CRM), Business Intelligence (Syteline/Cognus), Report Generators (Cristal Reports, Cognus), Data Collection (Frontstep, Intermec), especializando-se na área do planeamento e gestão de produção (MRP/MRP II/JIT/Kanban/APS), agendamento industrial (MRP II/JIT/Kanban/APS), contabilidade de custos de produção, aprovisionamento, vendas e logística.

Neste âmbito, desenvolveu ainda actividade como administrador de sistemas (Windows/NT, Unix’s – AIX, HP-UX, DG/UX, BSD, ULTRIX, SOLARIS, UNIXWARE – e Linux’s – GNU, RedHat, Fedora, SuSe, SlackWare, Debian e Unbuntu), de rede (Cablagens estruturadas, TCP/IP, modelo OSI) e arquitecto e administrador de bases de dados relacionais (Informix, MS-SQL Server, Progress e MySQL). Como analista/programador, especializou-se em Informix 4GL e desenvolveu também actividade em Progress 4GL.

Na Softel S.A. (1995-1997) foi também representante Técnico-Comercial para o Brasil, sendo responsável pela criação do escritório/sucursal da empresa em São Paulo (SP, Brasil, 1995), pelo apoio como analista a projectos em curso (Grupo Sulfabril, Levis Brasil S.A., Grupo Vulcabrás), pela apresentação técnico-comercial da aplicação ERP Softel GAF/GCI, bem como o diagnóstico e levantamento de requisitos em grandes empresas brasileiras (Grupo Scalina, Grupo Sadia, Pepsico Brasil, grupo Votorantim, grupo Klin, Grupo Brunn Texteis,  entre muitos outros). Representou a softel em Missões Empresariais  oficiais do ICEP ao Brasil (nos anos de 1995/96, em Fortaleza, Recife, São Luis do Maranhão, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília).

Naquela empresa e na MVI – Informática Lda (1997-1999) foi consultor aplicacional, analista e gestor de projectos ERP em grandes empresas portuguesas (Grupo Tabaqueira, Grupo Nutrinveste/Compal, Lacticoop, Grupo Salmon, Grupo Amorim e OSI, FTM – Fábrica de Tabacos Micaelense, Cimentos Madeira S.A., Organtex S.A., Grupo Growela, Ten – Transito e Navegação e têxteis Pesafil, Melibri, Cavidel, Heavy Jeans, Arco Texteis e Arcofio (entre muitas outras) e na elaboração de diagnósticos, levantamento de requisitos, apresentações e propostas tecnico-comerciais (em empresas como Fisipe S.A., Grupo Manuel Gonçalves, Juvenal Ferreira da Silva S.A., BA – Fabrica de vidros Barbosa & Almeida SA, TEBE Empresa Textil de Barcelos ou Impetus, S.A., entre outros).

Convidado a integrar a Symix España y Portugal S.A. (1999-2002), foi responsável de projectos em empresas industriais em Portugal (Grupo Tupai, Grupo DVA, Porteme S.A., PAMEL Paulo Mendes S.A.) e em Espanha (Aljo S.A. – Grupo OTIS , Peddinghaus S.A., Reivaj – Mototracion Electrica Latierro – Grupo OTIS, Talleres Feudo) entre outros.

Posteriormente exerceu a actividade de gestor de projectos em empresas de Digital Signage/InStoreTV/CorporateTV (Visualizar S.A.) (2003-2005), sendo gestor de projectos de inStore TV (grupo SONAE Modelo/Continente, grupo Jerónimo Martins – Pingo Doce), de Digital Signage (Casino da Póvoa, Comissão Vitivinícola da Região dos Vinhos Verdes, ATP-Associação dos Têxteis de Portugal).

Como empreendedor funda a Dreamfeel Lda (2008-2011), empresa que actuou no campo dos meios Interactivos para Marketing, Publicidade e Eventos bem como New Media, Interactive Media, Digital Media e Multimedia/Web, onde exerce a função de Director Técnico e de Operações, Gestor de projectos e Tecnólogo/criativo de conceitos .

Nestas empresas desenvolveu uma visão avançada, não convencional e fortemente criativa, da integração de tecnologias digitais e interactivas com o marketing, a publicidade, o design e a comunicação, na criação, concepção e engenharia de sistemas digitais inovadores, nomeadamente na elaboração do Projecto Expositivo de Multimédia Interactivo para o Novo Museu dos Coches (não implementado até à data), concepção e realização de eventos de comunicação, animação comercial e marketing interactivo para várias empresas comerciais do norte do País (Centros Comerciais Dolce Vita, Centros Comerciais SONAE Sierra, Sephora, INCUBO – Incubadora de Iniciativas Empresariais – Arcos de Valdevez, etc.). Geriu projectos e sub-projectos de comunicação (Decoração de veículos para Congresso do Partido Socialista, concepção e impressão digital para comunicação de sucursais das redes CGD, Millenium BCP e INCUBO – Incubadora de Iniciativas Empresariais – Arcos de Valdevez).

Na IT Sector S.A. (2010-2011) foi gestor de projectos e analista funcional para a banca, nos “Plataforma integrada de canais não presenciais” (internet banking, call center, IVR, SMS banking, etc.) na CGD – Caixa Geral de Depósitos (tecnologia HTML/CSS, Java, em “layered arquitecture”, com Midleware baseado em Web Services e Enterprise Service Bus – ESB) e front-end em Java, Hibernate e JBoss App server, sendo responsável pela análise de áreas aplicacionais como Backoffice Integrado (Web, SMS, CallCenter e IVR), e transaccionais, como Transferências Internacionais, Call Center Front End, Reporting,  com responsabilidade como Gestor de Projecto dos canais não presenciais para a CGD Luxemburgo, entre outras, e ainda como analista funcional para sistemas de internet banking no Millenium BCP (plataforma Microsoft, SQL-Server, SharePoint).

Exerceu depois a actividade de Consultor ERP e de IT’s, como freelancer (2011-2016), com apoio e suporte informático a PME’s, administração de sistemas e bases de dados e gestão de parque informático.

Como empresário, ao longo do tempo foi sócio, administrador, gerente e director da Inforesp – Sociedade Informática de Espinho  Lda. (Micro-informática e TI’s), MVI Lda. (software house na área dos ERP industrial, plataforma Informix/Unix/Linux) e Dreamfeel Lda (Web e Creative digital interactive media), nas quais rentabilizou também várias das suas capacidades técnicas.

Copywriter, autor e tradutor (inglês, espanhol) de documentação comercial e técnica (Manuais Técnicos, Manuais de Utilizador, Notas Técnicas, Notas de Aplicação, Notas de Suporte, Wiki) de software, para as aplicações ERP e de Planeamento, Gestão e Agendamento de Produção (Softel GAF/GCI, Symix/Syteline, Syteline CMS, Syteline Business Intelligence/Cognus, Syteline Data Collection, e production scheduler Preactor) bom como em produtos e equipamentos tecnológicos interactivos e multimedia.

Formador em TI’s, com Certificação de Aptidão Profissional Pedagógica (CAP), exerceu principalmente como conferencista em Telecomunicações (para Eugénio Branco e Associados – Porto), formador de utilizadores ERP (Softel S.A., MVI Lda, Symix España e Portugal Lda, Preactor Intl), e formação geral em informática, nomeadamente Sistemas Operativos CPM/86, MS-DOS, Linux/Unix e linguagens de programação C, BASIC e COBOL,  (para JAS – Informática – Espinho, Inforesp – Soc. Informática de Espinho Lda)  e bases de dados relacionais, 4GL e SQL Informix (Softel S.A., MVI)

A nível pessoal, cedo desenvolveu o gosto pelos pequenos computadores (tendo-se iniciado com o Sinclair ZX80 e ZX81, depois com o Sinclair Spectrum, e várias outras plataformas até aos actuais PC’s) e sua programação, (desde cedo com assembly Z80 e Intel 80XX, depois BASIC, PASCAL e mais tarde Turbo C, Turbo Pascal, Smaltalk, LISP e VB, e finalmente competências académicas com FORTRAN, MODULA – II, C e C++), bem como em sistemas operativos como CPM86, PC-DOS/MS-DOS, Linux e Unix; mais tarde desenvolve ainda profissionalmente competências em programação sobre bases de dados, com Clipper, Clipper+C e FoxPro, além de bases de dados Gupta, e posteriormente em bases de dados relacionais, em SQL e 4GL (Informix 4GL e Progress 4GL), além do uso de outras linguagens sobre bases de dados (conectores nativos, ODBC, etc), bem como interesse por HTML/CSS, PHP, Ruby, Pearl, Python e, finalmente, Processing (plataforma Arduino). Interessa-se por Arquitectura Aplicacional e de Systemas, bem como System Programming, sobre várias plataformas, nomeadamente sobre plataformas de desenvolvimento de micro controladores, Unix e Linux.

Tem actualmente forte interesse por projectos inovadores de IoT  (Internet das coisas) e de computação física, baseados em micro-controladores, nomeadamente nas plataformas de DIY e Make como Arduino, Raspberry PI e outras semelhantes, bem como nos ambientes Linux e na programação de sistema, em C e C++.

Foi amador de CB (Banda do Cidadão) na década de 1980 com a estação fixa Delfos – CQJ 9805 e radialista em rádios locais (e “piratas”), como a Rádio Espinho e Rádio Costa Verde, como técnico de emissão, produtor e editor (magazine “Jardim das Delicias” e programas “Meia hora de Jazz” e “Jazzando”), e ainda com apoio técnico e projectos de engenharia, entre outros, para antenas de emissão, estúdios de emissão e stack de emissão (limitadores, compressores, emissores de potência e antenas).

Dirigiu BBS´s (Bulletin Board Systems) nas décadas de 1980/90 (INFORLINE BBS).

Na vertente social foi vogal da direcção da Associação dos Bombeiros Voluntários Espinhenses e vogal e Vice-Presidente do GIU – Grupo de Intervenção Urbana (intervenção social e cultural).

É blogger desde 2005, nas áreas das tecnologias de informação, internet e digital media, com blogs próprios e participação em projectos colectivos.

Tem a música, especialmente o Jazz, como paixão e hobby, tendo formação em piano.

Actualmente desempregado!…

João Ledo Fonseca na net:

Resultado de imagem para mail joao.ledo.fonseca@gmail.com

Resultado de imagem para Facebook

twitter_logo

Resultado de imagem para linkedin

Imagem relacionada

Guardar

12 thoughts on “Joao Ledo Fonseca

  1. boa tarde, será possivel me explicar onde ou quem posso contactar para saber valores e como se precessa o montra interactiva…obrigada desde já.
    Cássia Cabral

    Gostar

  2. boa tarde, será possivel me explicar onde ou quem posso contactar para saber valores e como se precessa o montra interactiva…obrigada desde já.Cássia Cabral
    +1

    Gostar

  3. boa tarde, será possivel me explicar onde ou quem posso contactar para saber valores e como se precessa o montra interactiva…obrigada desde já.Cássia Cabral+1
    +1

    Gostar

  4. Nice post. I learn something more challenging on different blogs everyday. It will always be stimulating to read content from other writers and practice a little something from their store. I’d prefer to use some with the content on my blog whether you don’t mind. Natually I’ll give you a link on your web blog. Thanks for sharing.

    Gostar

  5. Thanks for the sensible critique. Me & my neighbor were just preparing to do a little research on this. We got a grab a book from our area library but I think I learned more clear from this post. I’m very glad to see such wonderful information being shared freely out there.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s