logo_sombra_pqA Dreamfeel participa no Primeiro Encontro para a Competitividade, que decorre hoje e amanhã,  dias 19 e 20, em Serralves, dedicado às indústrias criativas, promovido pelo IAPMEI numa parceria com a Fundação de Serralves e o GPEARI – Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e relações Internacionais do Ministério da Cultura. 

Tendo como objectivo facilitar o debate de uma estratégias de desenvolvimento para o sector, através da análise de formas de cooperação e da indução de dinâmicas de inovação que representem oportunidades de crescimento para as empresas, a iniciativa integra-se no ciclo de Encontros que o IAPMEI tem vindo a desenvolver no âmbito da assistência empresarial.

 

Durante dois dias, empresários, associações e outros agentes da àrea das industrias criativas vão reflectir em conjunto sobre questões ligadas à atractividade do sector, debatendo temas ligados à internacionalização, parcerias como motor da inovação, financiamento, empreendedorismo criativo e ainda lugares criativos. É objectivo deste encontro contribuir para o reforço da capacidade de desempenho do sector, através da detecção de fragilidades e apoio à construção de soluções que respondam aos problemas das empresas.

Pessoalmente consideramos o envolvimento das empresas neste encontro, e nomeadamente o da Dreamfeel Lda, da maior importância e relevância, na dinamização e modernização da economia regional e nacional, pela importância e relevância que o sector apresenta, mas também pela enorme capacidade de gerar mais valias com base em competências presentes na região, no seu potencial de geração de riqueza, e pela importância crescente que assume no âmbito da economia portuguesa, e em geral nas economias modernas modernas.

 

Num estudo macroeconómico denominado “Desenvolvimento de um cluster das Indústrias Criativas na Região do Norte”, a região é identificada como tendo elevado potencial para a criação de um cluster nestes sectores de actividades. Tal como identificado neste estudo, promovido pela Fundação de Serralves em parceria com a Junta Metropolitana do Porto, a Casa da Música e a SRU – Sociedade de Reabilitação Urbana da Baixa Portuense, este sector tem grande expressão nesta região, e dispõe de uma quantidade de factores que podem potenciar a sua importância, e ser a base de criação do cluster, a que se contrapõe, no entanto, uma grande fraqueza global, quer pelo isolamento e pequena dimensão dos intervenientes, ausencia de capacidade de networking, reduzida percepção e visibilidade da sua importância, entre outros elementos.

Serralves tem apostado em dar seguimento às conclusões deste estudo, promovendo acções que pretendem corrigir esta situação e gerar a massa critica necessária para a concretização do cluster, numa acção que resultou já em duas iniciativas concretas:

INSERRALVES -Indústrias Criativas (ninho de empresas criativas) que tem como objectivo estimular a capacidade criativa, inovadora e empreendedora de indivíduos e empresas através da criação e gestão de uma incubadora que se insere no ambiente físico da Fundação de Serralves.

addictADDICT, agência criada em consequencia do Plano de Acção preparado em consequencia do “Estudo Macroeconómico – Desenvolvimento de um Cluster de Indústrias Criativas na Região do Norte”, e que terá por missão e objecto principal: 

  • Promover a clusterização e a incubação de negócios;
  • Assumir o papel de broker criativo chave (entre instituições de ensino/formação e instituições culturais, entre criadores e investidores, entre empresa e mercado, entre criadores);
  • Estabelecer parcerias e redes; Promover a transversalidade entre os sectores criativos;
  • Produzir conhecimento sobre a economia e ecologia criativa;
  • Desenvolver o mercado local e global (via mecanismos de distribuição);
  • Maximizar o papel da criatividade na economia global da região, contribuindo para o aumento dos níveis gerais de inovação;
  • Tornar o sector visível na Cidade, na Região, no País e no Mundo.

Para quem quiser saber mais sobre o estudo macroeconómico e o Plano de Acção, bem como sobre as acções já iniciadas (INSERRALVES e ADDICT), deve visitar:

Site de Serralves, secção da Fundação de Serralves, na àrea das Industrias Criativas.

dividida em três secções

Nele poderá encontrar o texto Relatório Final do proprio estudo, documentação complementar, informação, os estatutos e mesmo uma ficha de adesão à ADDICT, adesão essa aberta a todos os interessados e que de algum modo operem em àreas ligadas às industrias criativas, incluindo empresas, organizações privadas e administração pública

Pela importância deste assunto, principalmente numa altura em que este tipo de acções assumem a máxima importância para a recuperação da economia regional e nacional, parece-nos que esta presença na internet já merecia uma autonomização relativamente ao site de Serralves, por exemplo com a criação de um microsite dedicado, ou pelo menos uma maior importância e relevo no contexto do site global de Serralves, de modo a facilitar o acesso a todos os interessados, o que não acontece actualmente.

Entrada da Fundação de Serralves